PT | EN

Se tem ou gere uma marca decerto que esta questão já lhe passou pela cabeça: “Sim, eu sei que tenho que ter uma presença nas redes sociais, mas o que posso escrever que ainda não tenha sido dito?”

Como definir então uma estratégia de conteúdos relevante e distinta para a sua marca?


Na verdade, a resposta pode ser desmotivante. A cada minuto que passa são criados 211 milhões de conteúdos online - cada um de nós produz mais conteúdo por mês que um jornal do século passado.

E não é só a vontade, intrinsecamente humana, que cada um de nós tem de se expressar, o online veio mudar radicalmente a forma como as marcas comunicam. As marcas tornaram-se máquinas de gerar conteúdo. A importância de o fazerem é muitas vezes a diferença entre estarem visíveis e serem relevantes, ou não.

Mas se a cada minuto (!) que passa...

  • São partilhados 2.460.000 conteúdos no Facebook
  • Enviadas 204.000.000 mensagens por e-mail
  • Escrevem-se 1400 blog posts
  • 216.000 fotos no Instagram
  • Fazem-se 4.000.000 queries no Google

Que poderei eu (a minha marca) ter de relevante para dizer ao mundo?

Certamente que alguma coisa, senão a sua marca não tem razão de existir.

Uma marca é uma ideia. Uma forma própria de se pensar e agir. Se não acredita nisto não acredita na sua marca e a menos que seja chinês não lhe antevejo grande futuro.

estratégia digital

Um dos conselhos que mais dou aos nossos clientes na Lavva é para escreverem. Aquilo que lhes digo é que não devem ter medo de se expor, de tornar a sua escrita o mais pessoal possível. Devem falar daquilo que fazem, dos seus receios e desafios, dos seus erros, das suas conquistas e claro, do seu conhecimento.

E digo-lhes isto porque acredito piamente que eles têm coisas para contar. Eu sei, eles contam-nas a mim.

Mas como vencer então a barreira da indiferença ou ser relevante?

1. Seja Genuíno. Não tenha medo de se expor.

Talvez ninguém fique muito entusiasmado com a ideia de seguir um blog de uma nova marca de vinhos. Mas se calhar ficaria interessado em seguir o projeto do Luís Gomes (um cliente nosso), que deixou a direção de uma empresa de sucesso de biotecnologia para tirar um curso de especialização durante 2 anos (a 200kms de casa) e hoje se dedica à criação de um vinho único com 100% de vinhas velhas que estavam ao abandono.

Apaixonamo-nos e relembramos as estórias que nos transmitem algo. Um vinho, como qualquer marca, traz consigo toda uma estória por contar. E nós gostamos de uma boa estória.

tumblr_mgdspe0syg1qbabvao1_250

2. Defina um Plano

O facto de comunicarmos de forma genuína não é contrária a ter um foco claro naquilo que é o objetivo da nossa comunicação. Procure perceber o porquê de estar a comunicar, qual o objetivo final?

No caso do Luís Gomes passa por dar a conhecer às pessoas uma marca que produz vinhos exclusivos e de alta qualidade. Para chegar lá existem várias estórias para contar e que podem tornar esta credível: como os meses que demorou até escolher o terreno ideal, o porquê da paixão pelas vinhas velhas, (...).

Por outro lado, devemos ter sempre presentes por quem queremos ser lidos. O consumidor-tipo do Luís será alguém que tem um conhecimento maior de vinhos que o consumidor médio, logo, os conteúdos deverão ter um grau de profundidade maior para gerar mais interesse e fidelização.

Veja aqui como pode definir o seu calendário editorial de conteúdos.

3. Seja Perseverante.

Depois de publicar o seu primeiro post os comentários vão começar a chegar e o número de partilhas começará a aumentar de forma exponencial de uma forma que você nunca imaginara. Não, estava a brincar, é pouco provável que isso aconteça.

Na verdade, após os primeiros posts vai questionar-se se vale a pena. Os únicos comentários que recebe são da sua mulher e do seu colega de trabalho. Não desista. A cada post que escreve vai-se tornar melhor. Investigue sobre aquilo que escreve, pense num bom título. No final do dia vai ver que o facto de escrever o ajuda a pensar e a refletir sobre as coisas e só isso já é positivo.

 

Alguns links úteis:

https://www.quicksprout.com/the-advanced-guide-to-content-marketing-chapter-5/

https://www.entrepreneur.com/article/247908

tiago castro lavva

Tiago Castro é um apaixonado pelas diversas vertentes da criação de marcas: Estratégia, design, tecnologia e criatividade. Co-fundador da Lavva, agência digital focada na criação e implementação de estratégias digitais, é também Pai de duas filhas, empreendedor e eterno sonhador.

Publicado por: Tiago Castro em Content Marketing, Digital Strategy, All

Deixe uma resposta